Direção elétrica ou hidráulica? Veja as diferenças e a melhor opção para seu perfil
1 jun

Direção elétrica ou hidráulica? Veja as diferenças e a melhor opção para seu perfil

Vai comprar um carro e não sabe se opta por direção elétrica ou hidráulica? Te damos todas as dicas necessárias para escolher o sistema certo neste artigo. É só continuar lendo. 

O que é e como funciona a direção elétrica?

A direção elétrica vem conquistando muitos motoristas novos. O sistema funciona com um motor integrado à caixa de direção que transmite a rotação do volante monitorada por sensores para as rodas. 

Esse sistema não está ligado a recursos do motor (como a direção hidráulica está), mas possui um custo de reparo mais alto graças ao refino da tecnologia. 

A direção elétrica é mais leve e mais exata, respondendo com precisão aos comandos dos motoristas, em especial em altas velocidades nas estradas. 

A direção elétrica pode ser instalada em qualquer tipo de veículo, mas é mais comum em hatchs e sedans compactos, justamente por ser mais leve e não consumir recursos dos motores. 

Além disso, é ideal para motoristas iniciantes que estão comprando o primeiro carro.

O que é a direção hidráulica?

A direção hidráulica, também conhecida como direção assistida, foi um avanço nas tecnologias de direção e manobrabilidade em automóveis. Por muito tempo, foi considerada um artigo de luxo, presente apenas em carros importados para o Brasil.

Hoje, contudo, já é um elemento essencial para carros leves e pesados em todas as categorias de veículos. 

A direção hidráulica é composta por itens como: bomba hidráulica, reservatório de óleo, tubulação de alta e baixa pressão, pinhão, cremalheira. 

Como funciona a direção hidráulica?

Ao girar o volante, o pinhão do sistema hidráulico também gira. A partir daí, a cremalheira orienta as rodas para o lado comandado pelo motorista. Simultaneamente, a pressão do óleo facilita o manuseio da direção com a pressurização do fluido pela bomba hidráulica. 

A direção hidráulica só funciona graças à pressão do óleo dentro do sistema. Para isso, a válvula no volante efetua um movimento de abre e fecha quando é detectado alguma pressão na direção do carro. Esse abre e fecha permite que o óleo se mova quando o pistão sofre pressão e aciona a barra de direção.

O movimento hidráulico reduz a força necessária para o giro do volante e torna a experiência de direção muito mais confortável e segura. No caso de veículos grandes, como caminhões e ônibus, o sistema de direção hidráulica é mais complexo, visto que há necessidade de lidar com maiores forças. 

Escolher a direção elétrica ou hidráulica?

Quando falamos de preço, a direção hidráulica sai na vantagem. A manutenção e revisão da direção elétrica ainda é mais cara graças à complexidade do sistema. Mas em termos de revenda, carros com direção elétrica possuem um melhor valor.

Além disso, na hora de comprar um carro seminovo com direção hidráulica, é importante garantir que as manutenções e revisões foram feitas corretamente, para evitar problemas ao dirigir. 

A resposta da direção elétrica também é mais rápida, e não depende do motor para funcionar, o que isola o controle do volante de qualquer problema interno de motorização.

O peso do conjunto elétrico também é mais leve e pode influenciar no consumo de combustível, mas os ganhos ficam em torno de 5% de economia de combustível. 

Isso não significa, contudo, que a direção elétrica seja a escolha certa em 100% dos casos.

Alguns modelos sequer contam com essa opção ainda, que se apresenta como um luxo e uma escolha técnica para modelos menores. 

Assim, se o seu objetivo é ter uma direção mais suave para facilitar a manobrabilidade e seu conforto na cidade, a direção elétrica é a escolha certa. 

Agora, se você está atrás de um veículo mais robusto e mais potente, é provável que sua única opção seja a direção hidráulica. E não precisa se preocupar com isso! Essa tecnologia também é altamente eficiente e oferece uma boa experiência de direção, em especial comparada à direção mecânica.

Modelos de carro com direção elétrica ou hidráulica

E para você não sair deste artigo sem saber qual modelo escolher, separamos alguns veículos que contam com direção elétrica ou hidráulica. 

Renault Kwid Zen 1.0 MT

O hatch da Renault conta com direção elétrica, vidros dianteiros e travas elétricas, ar-condicionado, limpador e desembaçador de vidro traseiro, quatro airbags e muito mais. 

Além disso, é uma opção relativamente econômica comparada a outros modelos da categoria e boa para motoristas iniciantes. 

Em termos de consumo de combustível, faz 10,8 km/l na cidade e 11 km/l na estrada com álcool, e 15,3 km/l na cidade e 15,7 km/l na estrada com gasolina. 

Veja modelos de Kwid seminovo aqui.

Fiat Mobi Like 1.0 MT

O Mobi tem direção hidráulica, ar-condicionado, computador de bordo, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas nas quatro portas e volante com ajuste de altura. É um hatch com bom espaço da Fiat, mas um motor 1.0 que não agrada a todos. 

Ainda assim, é  um bom veículo de entrada para quem está comprando seu primeiro carro e quer algo mais econômico.

Em termos de combustível, faz 12,7 km/l na cidade e 14,3 km/l na estrada com gasolina, e 8,8 km/l na cidade e 9,9 km/l na estrada com etanol.

Veja modelos de Mobi seminovo aqui.

Hyundai HB20 Sense 1.0

O HB20 é um dos hatchs mais populares do Brasil, e tudo isso tem um motivo. O carro tem direção elétrica, ar-condicionado, computador de bordo, vidros dianteiros e travas elétricas, banco do motorista com ajuste de altura, rádio com bluetooth, volante multifuncional e outras tecnologias que, junto com o acabamento, atraíram milhares de motoristas.

Em termos de combustível, o modelo faz 9,5 km/l na cidade e 10,5 km/l na estrada com etanol, e 13,3 km/l na cidade e 14,9 km/l na estrada com gasolina. 

Veja modelos de HB20 seminovo aqui.

Fiat Uno Attractive 1.0

O novo Uno sai de fábrica na versão Attractive com direção hidráulica, ar-condicionado, banco traseiro rebatível, computador de bordo, travas elétricas, trava automática das portas a 20km/h, vidros elétricos dianteiros com one touch e sistema antiesmagamento e muito mais. 

O consumo de combustível desse hatch fica 8 km/l na cidade e 9,4 km/l na estrada com etanol, e 11,6 km/l na cidade e 13,4 km/l na estrada com gasolina.

Veja modelos de Uno seminovo aqui.

Volkswagen Fox Connect 1.6

O Fox é um dos poucos modelos da Volkswagen com direção elétrica, além de também possuir piloto automático, banco com ajuste de altura, chave-canivete, direção com ajuste de altura e profundidade, faróis de neblina, rodas de 15 polegadas e volante multifuncional.

Comparado aos outros modelos citados acima, não possui tanta tecnologia no acabamento, mas é um dos poucos com motor 1.6 para garantir mais potência. 

Falando de consumo, o Fox faz 7,8 km/l na cidade e 9,7 km/l na estrada com etanol, e 11,6 km/l na cidade e 13,6 km/l na estrada com gasolina.

Veja modelos de Fox seminovo aqui.

Carros com direção elétrica ou hidráulica aqui no Center Car

Não importa qual modelo de direção você prefira e acabe escolhendo, aqui no Center Car temos as opções certas para você.

São mais de 600 veículos seminovos em 24 lojas com vendedores especializados e prontos para te ajudar. Acesse nosso site e confira os modelos.

 

VOLTAR AO INÍCIO