Manutenção preventiva: como economizar e fazer a revisão do carro em casa?
1 jul

Manutenção preventiva: como economizar e fazer a revisão do carro em casa?

Apesar de muitas pessoas acharem desnecessária, a manutenção preventiva periódica é extremamente necessária para o bom funcionamento de um veículo. Mas a falta de dinheiro pode se tornar um impedimento para muitos motoristas investirem nesse cuidado.

Afinal, carros já oferecem muitas despesas, como impostos, seguro, estacionamento, combustível, entre outras. Mas deixar que seus componentes se desgastem sem que seja feita uma revisão pode levar a gastos ainda maiores com novas peças e componentes, além de afetar a sua segurança e de seus passageiros.

Mas saiba que existem algumas vistorias que você mesmo pode fazer. Por isso, preparamos este guia da manutenção preventiva para que você saiba como fazer a revisão do carro em casa e economize com essa despesa. Confira a seguir!

 

Por que fazer a manutenção preventiva no carro?

Como explicamos acima, a manutenção preventiva é fundamental para assegurar uma longa vida útil ao veículo, para que seus componentes estejam sempre em perfeito funcionamento e, consequentemente, a segurança do motorista e dos passageiros seja garantida sempre que o carro sair da garagem.

Para isso, você deve contratar uma oficina mecânica que vai fazer uma vistoria completa anualmente e verificar com cuidado diversos detalhes que possam passar despercebido por motoristas com menos conhecimento na área. Mas, com uma frequência ainda maior, você mesmo pode fazer sua avaliação e substituir alguns componentes e, assim, economizar um pouco. Veja por que é importante realizar a manutenção periódica do seu carro com frequência:

 

Segurança

Como o próprio nome sugere, a manutenção preventiva tem como principal objetivo prevenir possíveis acidentes e problemas com a mecânica do veículo. Já pensou se o sistema de freio do seu carro falha de repente e você não consegue evitar uma colisão? É para evitar que aconteçam imprevistos como esse, que podem ter graves consequências, que você deve fazer uma revisão no seu carro com frequência.

 

Economia

Se você pensa que o custo de uma visita ao mecânico é dispensável, espere até ver o custo de reparo quando algum componente do seu veículo precisar ser trocado após deixar de funcionar inesperadamente. Isso sem contar quando o desgaste em alguma parte da mecânica pode afetar outras, como por exemplo, o alinhamento dos pneus, que pode provocar problemas sérios nos pneus, eixos e amortecedores.

Mas é possível reduzir as visitas à oficina para uma frequência anual e fazer revisões mensais em casa, para diminuir ainda mais os gastos e os riscos de acidentes.

 

Valorização do veículo

Com a realização periódica da manutenção preventiva, seguindo o cronograma sugerido pelo manual de fábrica, você consegue aumentar a vida útil do seu veículo, ou seja, preservar seu estado e funcionamento por mais tempo. Dessa forma, quando decidir vendê-lo, o modelo não vai estar tão desvalorizado e você vai conseguir passar o carro adiante por um preço muito melhor. Bom negócio para você que está vendendo e para quem está comprando o carro usado!

 

Garantia de fábrica

Todo veículo sai da concessionária com uma garantia de fábrica de até cinco anos, dependendo das condições de venda. Mas vale ressaltar que esse benefício tem como condição a realização da manutenção preventiva de acordo com as recomendações e o cronograma no manual do proprietário. Assim, a fábrica se assegura de que, qualquer problema com que tenha que arcar, não é fruto de negligência do motorista.

 

Revisão do carro em casa: o que pode ser feito sem um mecânico?

 

1. Cheque o motor e os fluidos

• Com o motor frio (preferencialmente, faça isso pela manhã, quando o carro ainda não foi ligado, para evitar acidentes e queimaduras), abra o capô e retire a vareta de óleo;

• Limpe-a com um papel (evite tecidos, para que não haja risco de fiapos contaminarem o lubrificante) e recoloque no tubo de encaixe;

• Retire-a novamente e verifique se a marca de óleo está entre os níveis indicados nela como máximo e mínimo;

• Se estiver abaixo do nível, é hora de trocá-lo – evite misturar um óleo novo ao antigo, para que não haja danos ao motor;

• Observe se há colado no para-brisas um adesivo com a data ou quilometragem de validade do óleo presente;

• Se estiver próximo à data, também é hora de trocar – e lembre-se de anotar a próxima data de validade;

• Recoloque a vareta no lugar e verifique o nível do líquido de arrefecimento do radiador de acordo com as marcações no próprio reservatório e complete, se necessário;

• Em seguida, dê partida com o carro parado e as janelas abertas e observe se há ruídos estranhos vindos do motor;

• Se perceber algo fora do normal, procure um mecânico de confiança.

 

2. Estado e calibragem dos pneus

O desgaste excessivo ou irregular dos pneus aumenta a possibilidade de acidentes graves, como perda de controle do veículo, especialmente em meio à chuva. A baixa calibragem também ajuda a evitar acidentes desse tipo, além de ajudar a economizar combustível.

Por isso, tenha atenção às marcações que constam nos pneus, que costumam indicar quando é o momento ideal para sua troca. A cada quinze dias, também cheque a pressão dos pneus e faça a calibragem. Confira no manual do proprietário ou em uma etiqueta que deve estar colada na porta ou na tampa do tanque de combustível qual é a calibragem ideal para o seu carro conforme o tipo de utilização e carga.

Não se esqueça ainda que, além dos quatro pneus em uso, o estepe também merece atenção e deve ser calibrado, pois, com o tempo pode perder a pressão.

 

3. Confira os freios

Ao utilizar o carro, tenha atenção ao pisar no freio e observe se você escuta algum barulho ou sente que eles perderam um pouco a eficiência. Isso pode indicar que as pastilhas, os discos ou o fluido de freio precisam ser trocados, por isso, se perceber algo do tipo, procure um mecânico de confiança.

 

4. Verifique os limpadores de para-brisas

Primeiramente, confira se o reservatório de água de limpeza do para-brisas está cheio e, se não estiver, acrescente um pouco de água e detergente especial. É importante não usar detergente de lavar louça, para evitar manchas na pintura.

Aproveite e limpe com um pano úmido as borrachas das palhetas, para evitar riscos no vidro. Se perceber que elas estão ressecadas, é possível fazer sua substituição facilmente em casa. Caso tenha dificuldade, você também pode pedir ajuda aos funcionários de onde comprar o produto ou a alguma oficina mecânica, muitas não cobram pelo serviço.

 

5. Funcionamento das luzes

O bom funcionamento dos faróis altos e baixos, das lanternas e das luzes de ré, de direção e placas é muito importante na comunicação com outros veículos enquanto conduz e evita multas ao proprietário.

Por isso, quando realizar a revisão do carro em casa, lembre-se de verificar todas elas e substituir caso alguma esteja queimada. No caso de faróis e lanternas com lâmpadas halógenas, a substituição pode ser feita facilmente por você mesmo com a ajuda de uma chave de fendas e um alicate. Mas, se seu carro utilizar lâmpadas de xenônio ou LED, procure um profissional especializado para manipulá-las.

 

6. Filtro de ar e ar-condicionado

Responsável por filtrar o ar e impedir que sujeiras entrem no motor do carro, o filtro de ar costuma acumular resíduos e provocar perda de potência do motor ou até mesmo doenças respiratórias no motorista ou passageiros.

Por isso, sempre verifique o estado do filtro de ar quando fizer a revisão do carro em casa e, se perceber que há acúmulo de sujeira, providencie a troca e limpeza de todo o sistema de ar.

 

7. Verifique a documentação e itens de segurança

Por fim, confira os equipamentos de segurança que devem estar no carro. Triângulo de emergência, macaco e chave de roda para a troca de pneus e extintor de incêndio são itens obrigatórios e sua falta pode gerar multa, perda de 5 pontos na carteira de motorista e até a apreensão do veículo.

Além disso, verifique se o extintor de incêndio está dentro da validade e no nível adequado e tenha atenção à documentação do veículo e CNH do motorista. De acordo com a legislação, caso o carro seja apreendido em uma blitz e não esteja com documentação em dia ou se a habilitação do condutor tiver vencido há mais de 30 dias, ele pode levar multa e perder 7 pontos na CNH.

 

Se precisar de ajuda...

Como dissemos no começo desse texto, é importante se lembrar que a revisão do carro em casa não substitui a manutenção preventiva anual, que deve ser realizada por um profissional competente e de confiança. O Center Car é o maior shopping de carros de Juiz de Fora e região e possui diversos serviços que podem te ajudar, como martelinho de ouro e alinhamento e  balanceamento dos pneus. Clique aqui e confira nossos serviços disponíveis.

Quer ficar por dentro de novidades e informações importantes sobre carros, legislação e ofertas de seminovos? Clique aqui e assine a nossa lista de e-mails!

VOLTAR AO INÍCIO